Conheça 5 dicas para melhorar sua postura ao volante – e sua saúde!

Os rodoviários costumam passar muitas horas na mesma posição e, com isso, acabam tendo alguns desconfortos, como dores e problemas musculares. Mas apesar de comuns, os problemas de postura não são normais!

Com o passar do tempo, esses desconfortos podem se transformar em uma bola de neve, gerando doenças ocupacionais graves e incapacitantes.

Para o presidente do Sinttrol, João Batista da Silva, a postura ainda não é um tema suficientemente discutido entre a categoria. “Parte do problema está nas empresas, que muitas vezes não conscientizam os trabalhadores sobre dicas básicas ou não oferecem boas condições de trabalho para evitar problemas de saúde sérios”, afirma.

Por isso, o Sinttrol separou algumas indicações para que os motoristas profissionais possam realizar seu trabalho com mais segurança e conforto!

Postura ao sentar

A coluna deve estar sempre ereta ao sentar e as costas totalmente apoiadas contra o encosto do banco, desde a região dos ombros até a cintura. A altura do assento precisa ser regulada de forma que seja possível enxergar a estrada olhando em linha reta, sem precisar esticar o pescoço para isso.

Ajustando os espelhos

Muita gente nem percebe, mas o ajuste correto dos espelhos retrovisores influencia bastante no conforto ao dirigir. É importante que eles sejam posicionados de forma que o motorista tenha boa visualização da estrada, sem precisar inclinar o tronco ou o pescoço, assim você conseguirá enxergar a via sem fazer nenhuma manobra brusca ou desconfortável.

Posicionando os braços

Já a posição correta dos braços deve possibilitar a movimentação em direção ao câmbio sem esforço excessivo. Os cotovelos devem ficar levemente dobrados.

Alguns modelos mais modernos de caminhões permitem o ajuste da posição do volante. Nesse caso, mantenha ele a uma pequena distância das pernas, evitando que encoste nelas. Dessa forma, os braços não ficam muito encolhidos, evitando dormências e movimentos repetitivos.

Posicionando as pernas

Para evitar dores e lesões em longo prazo, é importante que os joelhos fiquem ligeiramente dobrados. As pernas devem ficar posicionadas a uma distância não muito grande dos pedais, para que seja possível alcançá-los sem esticar muito os pés. Além de proporcionar mais conforto, essa dica também garante que, em caso de risco de acidente, seja possível frear mais rapidamente.

Encosto da cabeça

O encosto da cabeça é muito importante para a saúde postural, já que evita uma tensão excessiva nos ombros e na coluna cervical. Por isso, é fundamental reparar se esse componente do banco está oferecendo o suporte adequado, sem causar dores ou desconfortos.

Esse ajuste também é essencial para evitar os efeitos do chamado efeito chicote, que é aquele solavanco que o corpo dá para a frente caso haja uma colisão ou freada brusca. Um encosto de cabeça com ajuste inadequado pode fazer com que lesões graves aconteçam nesse processo.

Fonte: Sinttrol

Post Relacionados