Dia do Trabalhador: momento de luta e resistência – Sinttrol – Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Londrina

Dia do Trabalhador: momento de luta e resistência

1º de maioA luta dos trabalhadores, por melhores condições de trabalho, não é algo recente. Em vários momentos da história, houveram lutas e reivindicações pela conquista de direitos. Em 1º de maio de 1886, em Chicago, trabalhadores realizaram uma grande paralisação em busca da diminuição da jornada de trabalho de 13 para 8 horas diárias.

A exemplo do que acontece hoje, naquela época as manifestações trabalhistas eram repreendidas pela polícia. Após um grande confronto entre trabalhadores e policiais, muitos manifestantes foram mortos e vários ficaram feridos.

Como uma forma de homenagear todos esses trabalhadores que perderam a vida na luta pelos direitos trabalhistas, em 1889, a Segunda Internacional Socialista oficializou o dia 1° de maio como o Dia Internacional dos Trabalhadores.

No Brasil, essa data é considerada feriado nacional e é dedicada a comemorações e homenagens aos trabalhadores. Além disso, o dia marcou diversas conquistas trabalhistas no país, como a instituição do salário mínimo.

A Reforma Trabalhista e a Reforma da Previdência acabam com a segurança dos trabalhadores brasileiros.

De acordo com o presidente do Sinttrol, João Batista da Silva, o Dia do Trabalhadores, em 2017, serviu como um momento de resistência e de luta contra a retirada de direitos trabalhistas no país.

 “Essas medidas, propostas por esse governo ilegítimo irão acabar com nossos direitos e com a aposentadoria. Mais do que celebrações, o Dia do Trabalhador, e todos os outros dias do ano, devem servir para lutarmos contra todas as maldades impostas ao povo brasileiro”, afirma.

O presidente ainda afirma que todos os trabalhadores do país devem se unir e lutar pela manutenção e conquista de direitos trabalhistas.

Fonte: Sinttrol

Facebook