Em reunião com sindicatos filiados, Sinttrol discute adesão à Greve Geral do dia 14 de junho

Nesta quarta-feira (15), o Sinttrol realizou mais uma reunião com seus sindicatos membros para discutir as próximas etapas das lutas dos trabalhadores rodoviários.

Durante o encontro, a Federação propôs um debate sobre a adesão da categoria à paralisação nacional que está sendo convocada para o dia 14 de junho.

A mobilização está sendo organizada por centrais sindicais e irá marcar a oposição popular à retirada de direitos da classe trabalhadora, que tem se intensificado em uma velocidade alarmante nos últimos três anos.

Nessa data, trabalhadores de todo o país estarão nas ruas para lutar contra a Reforma da Previdência e reivindicar a revogação de outros ataques, como a Reforma Trabalhista e a Lei das Terceirizações.

Após um amplo debate, os sindicatos que compõem o Sinttrol acordaram em se reunir com representantes das centrais até o fim do mês de maio para debater a construção do movimento. A partir dessa reunião, será definido como se dará a participação dos trabalhadores em transportes rodoviários do Paraná na mobilização nacional.

Segundo o presidente do Sinttrol, João Batista da Silva, que é também presidente do Sinttrol, a ideia é escutar o que está sendo organizado para o dia 14 de junho e organizar a adesão à mobilização.

“O trabalho dos rodoviários tem um impacto muito profundo na sociedade. Então, iremos convidar as centrais para conversarem conosco e nos apresentarem qual está sendo o andamento desse movimento unificado. A defesa dos direitos da classe trabalhadora só terá resultados se for feita de forma unificada, e queremos garantir isso”, explicou João Batista.

Fonte: Sinttrol

Post Relacionados