Manter os documentos em bom estado de conservação pode facilitar o processo de aposentadoria

A aposentadoria é motivo de preocupação para o trabalhador, desde o momento em que ele ingressa no mercado de trabalho. Para algumas pessoas, alcançar esse direito pode se tornar uma verdadeira dor de cabeça. Falta de documentos e ausência de comprovação de contribuições acabam atrasando o processo.

Pequenas atitudes podem ajudar o empregado na hora de se aposentar. É preciso ficar atento para não perder direitos e não tornar a conquista da aposentadoria uma missão impossível.

O Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) é o documento que contém todas as contribuições realizadas pelo trabalhador ao longo da vida. É com base nesse cadastro que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) irá determinar se ele pode se aposentar ou não.

Solicitar e verificar o CNIS é uma das dicas para se aposentar com mais facilidade. Para consultar o documento, é preciso fazer um agendamento pelo telefone 135 da Previdência Social ou pelo site do INSS. Após realizar a primeira consulta, o empregado receberá uma senha, que irá permitir o acesso online à informação.

Conserve seus documentos

Além de consultar o CNIS, é importante comparar as informações com a carteira de trabalho e verificar se todos os períodos trabalhados foram inseridos corretamente.

Caso você encontre algum erro, será preciso comprovar o tempo de contribuição por meio de outros documentos. Portanto, é importante ter a carteira de trabalho e o Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) em bom estado de conservação.

De acordo com o presidente do Sinttrol, João Batista da Silva, o PPP é um formulário preenchido pelas empresas que realizam atividades nas quais fatores físicos, biológicos e químicos podem trazer prejuízos para a saúde dos funcionários.

“Esse documento deve conter todas as informações sobre o trabalhador, como a atividade que exerce e os agentes nocivos aos quais está exposto. Esses dados garantem o direito à aposentadoria especial, assim como o controle da saúde ocupacional de todos os funcionários da empresa”, afirma.

Fonte: Sinttrol

 

Post Relacionados