Saúde de trabalhadores que passam muitas horas sentados pode ser afetada

A presença do porteiro nos prédios comerciais e residenciais garante o controle da entrada e saída de pessoas e veículos, bem como a guarda do patrimônio. Além dessas funções, esse profissional também realiza o atendimento na recepção do local, recebe e distribui correspondências.

Entretanto esses trabalhadores passam muitas horas sentados e, se não tiverem auxiliares, podem ter o horário para repouso e para alimentação comprometido. Essas condições podem desencadear dores e desconfortos, além de aumentar o risco de problemas cardíacos e de circulação.

Para reduzir os riscos, é necessário ter o período de descanso respeitado, para que o trabalhador possa sair dessa posição. O presidente do Sinttrol, João Batista da Silva, afirma que os porteiros devem prestar atenção às suas condições de trabalho para protegerem a sua saúde.

“Se as condições do local não forem favoráveis, sem cadeiras apropriadas e sem orientação para adotar uma posição ergonômica e saudável, trabalhar sentado pode trazer riscos. Caso algum trabalhador se sinta prejudicado nessa função, deve procurar o sindicato para que possamos cobrar uma atitude da empresa”, ressalta.

Fonte: Sinttrol

Post Relacionados
Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.